Mel produzido em Viana abastece escolas públicas da Grande Vitória – “Sem Abelha, Sem Alimento”

jcampo_-_vix_-_bloco_03_01_05_mel_merenda_FGprQDn

Mel produzido em Viana abastece escolas públicas da Grande Vitória – “Sem Abelha, Sem Alimento”

01/05/2016 10h00

Viana tem 16 produtores de mel associados.
Produtores chegam a colher meia tonelada de mel anualmente.

André Falcão – Da TV Gazeta
Produção de mel chega a 500 kilos por ano (Foto: Reprodução/TV Gazeta)Produção de mel chega a 500 kilos por ano (Foto: Reprodução/TV Gazeta)

 

Uma associação de apicultores em Viana, que reúne 16 produtores, está destinando parte do mel produzido para abastecer escolas da rede pública de ensino da Grande Vitória.

O apicultor Guilherme Cardoso mantém 25 colméias de abelhas africanas em seu apiário em Jucu, Viana. Ao final do processo, a produção pode chegar a até meia tonelada de mel por ano.

“Dentro da período da florada do verão, com 20 ou 25 dias que você colheu o mel, ele já dá de novo”, explicou.

Para cuidar das abelhadas africanas, além do equipamento de segurança, o fumigador é um aliado. Com a fumaça, as abelhas ficam controladas. “Sem isso para mexer uma caixa de abelha daquelas, nós temos que correr muito”, contou o apicultor João Policarpo.

Cardoso também produz mel de abelha Jataí, uma espécie diferente que não tem ferrão. Essa abelha produz uma quantidade menor de mel, mas tem um valor comercial mais alto. A produção ainda está em estado inicial.

“A gente ainda não sabe o exato padrão de caixa para essa abelha. Nós estamos desenvolvendo um trabalho e estamos precisando de técnico nessa criação aqui que é uma invenção nossa”, contou o apicultor.

O presidente da associação de apicultores de Viana, João Policarpo, disse que há um projeto para a construção de uma casa para beneficiar a associação.

Crianças de escoals públicas de Viana consomem o mel da região (Foto: Reprodução/TV Gazeta)
Crianças de escolas públicas de Viana
(Foto: Reprodução/TV Gazeta)

Escolas

Os apicultores de Viana produzem uma media de 50 toneladas de mel por ano. E parte dessa produção é distribuída em sachês para os alunos da rede pública de ensino de Viana.

O mel é a sobremesa na hora do recreio de cerca de 30 escolas do município. A nutricionista da escola, Maria Luiza Rodrigues, afirmou que a sobremesa é cheia de nutrientes.

“Como o mel é fonte de energia e de vitaminas e minerais, nós estamos incluindo ele no cardápio. As crianças consomem puro de sobremesa ou com frutas”, finalizou.

Fonte: http://g1.globo.com/espirito-santo/agronegocios/noticia/2016/05/mel-produzido-em-viana-abastece-escolas-publicas-da-grande-vitoria.html

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.