Bee or not to be lança o Projeto de Educação Ambiental “Sem Abelha, Sem Alimento”

RAF_3645

Bee or not to be lança o Projeto de Educação Ambiental “Sem Abelha, Sem Alimento”

Estamos eufóricos!!

No último dia 05 de maio, em parceria com as Secretarias da Educação e do Meio Ambiente da Prefeitura de Ribeirão Preto e apoio da Unimed-RP, a ONG Bee or not to be lançou o Projeto de Educação Ambiental “Sem Abelha, Sem Alimento”, na Casa da Ciência, dentro do Bosque Municipal.

O projeto irá levar ensinamentos de educação ambiental a cerca de 1.900 crianças, de quase uma centena de turmas dos 3º anos da Rede Municipal de Ribeirão Preto. Mais de 80 professores e coordenadores de mais de 20 escolas puderam receber as instruções sobre o Caderno de Atividades “Sem Abelha, Sem Alimento”, e também sobre como trabalhar o tema do meio ambiente a partir da ótica de nossas abelhas: biodiversidade, cadeia alimentar, observação dos seres vivos da natureza, polinização, produção de alimentos, sustentabilidade de ecossistemas… um rico conteúdo que irá alcançar milhares de crianças e suas famílias, através de novos e fundamentais replicadores de conhecimento, que são os professores.

O compromisso que se deseja com a proposição desse projeto está em aproximar as crianças da natureza, revelando-lhes a beleza da interação entre abelhas e flores para a produção de frutos e sementes e, assim, inaugurar não só a apreciação pelo conhecimento científico, mas um respeito profundo pelo meio ambiente.

O projeto irá contar também com visitas orientadas das crianças e professores ao Bosque Municipal, ao Lesam (Laboratório de Estudos e Serviços Sociais) da Biologia da FFCLRP/USP, atividades em sala e uma grande exposição pública dos trabalhos produzidos pelos alunos.

Após o evento, cada escola – que aderiu voluntariamente ao projeto – pôde levar os cadernos para seus alunos, para uso no segundo trimestre letivo.

Estiveram presentes ao evento o Dr. Gustavo Ribeiro de Oliveira, diretor-presidente da Unimed-RP, o prof. Dr. Lionel Segui Gonçalves, presidente da ONG Bee or not to Be, os idealizadores do projeto Profa. Dra. Rosane Malusá G. Peruchi e Profa. Dra. Maria Juliana Ferreira Caliman, Prof. Vinício Biagi Pecci, diretor do Bosque Fabio Barreto, e Dalila Cisneiros Lopes Marsola, da Secretaria do Meio Ambiente.

O evento marca também o início das comemorações do Dia Mundial da Abelha pela ONG Bee or not to be, em 20 de maio, data a ser celebrada pela primeira vez em todo o mundo neste ano de 2018, após chancela da ONU. A conscientização para a importância dos maiores polinizadores do planeta e a necessidade de sua proteção estão nas razões destas celebrações.

O Projeto de Educação Ambiental “Sem Abelha, Sem Alimento” tem como idealizadores o prof. Dr. Lionel S. Gonçalves, presidente da ONG “Bee Or not to Be”, com os coordenadores:

profa. Dra. Rosane Peruchi, profa. Dra. Maria Juliana Caliman, Dalila Marsola, da Divisão de Planejamento e Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Prof. Vinício Pecci, do PEA – Programa de Educação Ambiental da Secretaria da Educação.

Confiram as fotos:RAF_3700

RAF_3725RAF_3744RAF_3746

RAF_3665RAF_3659RAF_3645RAF_3667RAF_3612RAF_3640RAF_3679RAF_3696RAF_3686RAF_3734

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.